Eventos

Página dedicada à divulgação dos eventos de História da Bahia e do Brasil.


Mesa Revolta dos Búzios – 18/08/2016

Palestrantes

Em 18 de agosto, realizou-se a Mesa de Debates: A Revolta dos Búzios (1798): História, cinema e educação na Biblioteca Pública do Estado da Bahia, uma parceria entre o Centro de Memória da Bahia e a Biblioteca Virtual Consuelo Pondé (BVCP).

O objetivo era debater o legado histórico da Revolta dos Búzios e de que maneira esse legado vem sendo difundido nos campos artístico, histórico e educacional. Na mesa, os participantes fizeram uma análise da revolta e dos revoltosos através da história, do cinema e da educação. Participaram da mesa: Patrícia Valim, doutora em História Econômica pela USP e professora da UFBA; Antônio Olavo, roteirista, produtor e diretor de filmes como “Quilombos da Bahia”, “Memória Negra” e “Revolta dos Búzios” (que será lançado este ano); Flávio Márcio Sacramento, mestre em História da África da Diáspora e dos povos indígenas pela UFRB, e professor da Rede Pública Estadual de Educação; e João Jorge Rodrigues, mestre em Direito pela UnB e presidente do Grupo Cultural Olodum.

 Palestra


Lançamento da coleção UNIAFRO – 05/08/2016

Livro

A Biblioteca Virtual Consuelo Pondé, em parceria com o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiro da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (NEAB-UFRB), realizou no dia 05 de agosto, na Biblioteca dos Barris, o lançamento da Coleção UNIAFRO – NEAB sobre História e Cultura Afro-brasileira e Indígena. A coleção reúne 22 obras, organizadas por pesquisadores (as) de diversos estados e países, cujo tema central baseia-se no cumprimento da Lei nº 11.645 - que torna obrigatório o ensino de História, Cultura Afro-brasileira e Indígena nas escolas de educação básica.

mesa

O evento teve mesa de debates, com a participação dos historiadores-autores Fabrício Lyrio Santos (“Os índios na história da Bahia”), Solange Rocha (“Diáspora africana nas Américas”) e o filósofo, Emanoel Luís Roque Soares (“As vinte e uma faces de exu na filosofia afrodescendente da educação”), que figuram dentre os 50 organizadores da obra. Da mesa de lançamento participaram Antônio Liberac e Rosy Oliveira, organizadores gerais da coleção (NEAB/UFRB), Silvio Soglia, reitor da UFRB, Jorge Cardoso Filho, diretor do Centro de Arte, Humanidades e Letras da UFRB, Cláudio Orlando, do Mestrado Profissional em História da África, da Diáspora e dos Povos Indígenas/UFRB, e a diretora de Bibliotecas Públicas do Estado/FPC, Maria Cristina Santos.

plateia


Projeto Trezena da Liberdade inspira mesas de debates com historiadores em Caetité

trezena

Dia 30: Isabel Cristina Ferreira dos Reis, Napoliana Pereira Santana, Glaybson Guedes, Igor Gomes e Flaviane Nascimento;

Dia 31: Rômulo Martins, Robério Souza, Wellington Castellucci, Iacy Maia e Jacó dos Santos Souza.

As duas mesas contarão com a mediação de Clíssio Santana.


Biblioteca Virtual levará a “Trezena da Liberdade” para debate na Unijorge

UNIj

 

Após uma trezena de artigos sobre experiências de liberdade em seu site, este mês, a Biblioteca Virtual Consuelo Pondé - unidade vinculada à Fundação Pedro Calmon/ Secretaria de Cultura do Estado, convidou alguns dos articulistas para debaterem suas temáticas com alunos do curso de História da Unijorge (Comércio) no próximo dia 20, às 19h.

Na ocasião, haverá participação de três autores que escreveram para a “Trezena da Liberdade”, ação que teve como intuito aliar a temática da liberdade africana à luta pela libertação dos negros escravizados no Brasil, com a publicação online de 13 artigos de renomados pesquisadores sobre diferentes experiências de liberdade e em diversas regiões e contextos da história da escravidão na Bahia. Serão eles: o historiador Igor Gomes (UFF), Isabel Cristina Ferreira dos Reis (UFRB) e Clíssio Santana (FPC/UNIJORGE), diretor da Biblioteca Virtual, que mediará a discussão.

Bios

Igor Gomes é formado em Licenciatura em História pela Universidade Estadual de Feira de Santana, tem Mestrado em História Social pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e é doutorando da mesma Universidade. Isabel Cristina Ferreira dos Reis é Doutora em História Social pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e professora do Curso de Licenciatura em História da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) ​. Já Clíssio Santana é mestre em História Social pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal da Bahia, e licenciado em História pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Atualmente dirige a Biblioteca Virtual.

Sistema - As bibliotecas públicas integram o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas, gerido pela Fundação Pedro Calmon – Secretaria de Cultura do Estado (FPC/SecultBA). O Sistema é composto por seis bibliotecas públicas estaduais localizadas em Salvador, sendo uma delas a Biblioteca de Extensão com duas unidades móveis, uma no município de Itaparica e uma biblioteca virtual especializada na história da Bahia (Biblioteca Virtual Consuelo Pondé). O Sistema também presta assistência técnica para mais de 450 bibliotecas municipais, comunitárias e pontos de leitura, além de cursos de capacitação para os funcionários destas unidades.

Fotos do evento

Ujj1

Ujj3

Ujj2

13


Lançamento do site e e-book "A Bahia tem Dendê: Ofício das Baianas, Patrimônio imaterial do Brasil

.

Data: 02/12/2015 - Quarta-feira
Horário: 14:00 
Local: Palacete das Artes, rua da Graça, 289 - Graça, Salvador – BA.

Programação:

Saudação de Abertura – 14:00h
Mariângela Nogueira
Rita Santos
Zulú Araújo

Roda de Conversa – 14:30h
Florismar Menezes Borges
Tânia Nery
Jaime Sodré
Dulce Mary
Vagner Rocha




Exposição Gullah, Bahia, África

.

Data: 24 de novembro de 2015 a 31 de janeiro de 2016
Local: Palacete das Artes, bairro da Graça

A Fundação Pedro Calmon/Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (FPC/SecultBa) - por meio da Biblioteca Virtual Consuelo Pondé – e o Consulado Geral dos EUA no Rio de Janeiro trazem para Salvador a exposição “Gullah, Bahia, África”, que documenta a vida e parte da pesquisa desenvolvida por Lorenzo Dow Turner, primeiro linguista afro-americano.  A exposição, que conta com a curadoria de Alcione Meira Amos.





Recomendar esta página via e-mail: