Flaviane Ribeiro Nascimento

Flav



Licenciada em História pela UEFS (2009), e mestra em História Social do Brasil pela UFBA (2012), à qual está vinculada com a Linha de Pesquisa Escravidão e Invenção da Liberdade. É professora de História do IFBA, onde desenvolve atividades sobre as temáticas da diversidade étnica e cultural e de enfrentamento ao racismo, bem como da diversidade de gênero, vinculadas ao Grupo de Estudos Interdisciplinares em Cultura, Educação e Sociedade (GEICES/IFBA).
F
ÁREAS DE PESQUISA

História do Brasil com ênfase na história da escravidão e da liberdade no século XIX. Experiência escrava no agreste baiano, na segunda metade dos Oitocentos.

DISSERTAÇÃO

Viver por si - Histórias de Liberdade no Agreste Baiano Oitocentista (Feira de Santana, 1850-1888). (UFBA, 2012)

F2
 ARTIGOS

No agreste das mulheres a alforria no quotidiano da escravidão feminina (Feira de Santana, 1850-1888). Histórica (São Paulo. Online), v. 1, p. 2, 2010.


LIVROS PUBLICADOS /ORGANIZADOS

O Horizonte da liberdade e a força da escravidão: últimas décadas do século XIX. In: Gabriela dos Reis Sampaio, Lisa Earl Castilho, Wlamyra Albuquerque. (Org.). Barganhas e Querelas da Escravidão: tráfico, alforria e liberdade (Séculos XVIII e XIX). 1ºed.Salvador, Ba: EDUFBA, 2014, v. , p. 183-216.


Trabalhos completos publicados em anais de congressos

O horizonte da liberdade e a permanência da escravidão -Bahia, final do século dezenove. In: XXVIII Simpósio Nacional de História, 2015, Florianópolis-SC. Lugares dos Historiadores: velhos e novos desafios - ANAIS, 2015.

Belmira e o Coronel 'inimigo das crioladas': uma querela sobre a luta por liberdade -agreste da Bahia, últimas décadas da escravidão. In: XXVII Simpósio Nacional de História, 2013, Natal, RN. Anais Eletrônicos - XXVII Simpósio Nacional de História, 2013. p. 1-17.

O caso de Luíza: quando "viver por si" era um passo para a liberdade (feira de santana, últimas décadas da escravidão). In: II Simpósio de História Regional e Local, 2011, Santo Antonio de Jesus. II Simpósio de História Regional e Local - Anais, 2011.

"Pelos bons serviços que me tem prestado": a carta de alforria como fonte de estudo do quotidiano da escravidão no agreste baiano oitocentista. In: I Simpósio Internacional de estudos sobre a escravidão africana no Brasil, 2010, Natal-RN. I Simpósio Internacional de Estudos sobre a Escravidão Africana no Brasil, 2010.

Por uma história da escravidão na “Princesa do Sertão" : a experiência escrava (re)descoberta no agreste oitocentista. In: IV ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA - ANPUH-BA HISTÓRIA: SUJEITOS, SABERES E PRÁTICAS., 2009, Vitória da Conquista-Ba. Anais Eletrônicos IV Encontro Estadual de História ANPUH-BA, 2009.

Nos limites da concessão - as cartas de alforria como fonte para História Social da Escravidão. In: I Encontro Regional em História Social e Cultural, 2007, Recife-Pe. I Encontro Regional em História Social e Cultural, Recife, 16 a 19 de outubro de 2007: Anais Eletrônico, 2007. (com L. Reginaldo)
CURRÍCULO LATTES
F3
Recomendar esta página via e-mail: