Stuart B. Schwartz

SBS


Ph.D. em História pela universidade de Columbia, NY (EUA), em 1968. Hoje professor no Departamento de História da Universidade de Yale, Stuart Schwartz é considerado um dos mais importantes historiadores do período colonial. Entre seus livros publicados no Brasil, destacam-se: Burocracia e sociedade no Brasil colonial (Perspectiva, 1979); Segredos internos: engenhos e escravos na sociedade colonial (Companhia das Letras, 1988); Escravos, roceiros e rebeldes (Edusc, 2001); A América Latina na época colonial (com James Lockhart, Civilização Brasileira, 2002); As excelências do governador: o panegírico fúnebre a D. Afonso Furtado, de Juan Lopes Sierra (Companhia das Letras, 2002); Cada um na sua lei: tolerância religiosa e salvação no mundo atlântico ibérico. Schwartz, Stuart. Trad. Denise Bottmann, São Paulo: Companhia das Letras, 2009.
F
 ÁREAS DE PESQUISA

Economia e a justiça coloniais, disputas entre portugueses e espanhóis, tolerância religiosa, cultura popular, etc.
F2
ARTIGOS

Publicou artigos em revistas brasileiras e editou importantes coletâneas ainda não traduzidas para o português, como:
Implicit understandings: observing, reporting, and reflecting on the encounters between Europeans and other peoples in the Early Modern Era (Cambridge University Press, 1994);

Tropical babylons: sugar and the making of the Atlantic World (University of North Carolina Press, 2004).


LIVROS PUBLICADOS /ORGANIZADOS

Burocracia e sociedade no Brasil colonial (Perspectiva, 1979)

Segredos internos: engenhos e escravos na sociedade colonial (Companhia das Letras, 1988)

Escravos, roceiros e rebeldes (Edusc, 2001)

A América Latina na época colonial (com James Lockhart, Civilização Brasileira, 2002)

As excelências do governador: o panegírico fúnebre a D. Afonso Furtado, de Juan Lopes Sierra (Companhia das Letras, 2002)

Cada um na sua lei: tolerância religiosa e salvação no mundo atlântico ibérico. Trad. Denise Bottmann, São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

E mais:
Dirigiu com Frank Salomon, o volume sobre a América do Sul The Cambridge history of native peoples of the Americas (Cambridge University Press, 1999). Organizou a edição em língua inglesa da obra de João Capistrano de Abreu, Chapters of Brazil colonial history 1500-1800 (Oxford University Press, 1997).

Reuniu e traduziu documentos sobre os primeiros 150 anos da colonização portuguesa: Early Brazil: a documentary collection to 1700 (Cambridge University Press, 2010).

CURRÍCULO YALE  ENTREVISTA SCIELO
F3
Recomendar esta página via e-mail: